Ilha de São Luis

Cidades do Maranhão serão as primeiras no Brasil a terem fechamento total

São Luís e toda a ilha da capital entrarão em lockdown a partir do dia 5 de maio. A paralisação de todas as atividades na ilha ocorrerá por decisão do juiz Douglas de Melo Martins, da Vara de Interesses Difusos e Coletivos de São Luís, atendendo a solicitação do Ministério Público Estadual. O ato foi divulgado no final da tarde de hoje.

O magistrado concedeu tutela de urgência e determinou a suspensão de todas as atividades consideradas não essenciais, a proibição de trânsito de veículos particulares (com exceções que serão discriminadas), a vedação de viagens rodoviárias de passageiros e a limitação das viagens de ferry-boats que operam entre São Luís e os municípios da Baixada Maranhense.

O lockdown iniciará no dia 5 de maio e terá vigência de 10 dias, sendo válido para os municípios de São Luís, São José de Ribamar, Paço do Lumiar e Raposa. A decisão é a primeira do gênero a acontecer no Brasil nesta epidemia.

Entre as medidas previstas pela decisão do juiz Douglas de Melo Martins, estão também a restrição de funcionamento para agências e correspondentes bancários, que atenderão apenas casos de pagamento de renda básica emergencial, benefícios sociais e salários; e, a manutenção da suspensão das aulas em escolas particulares na vigência do lockdown.

Na manhã de ontem, o governo estadual já havia fechado ao público a principal via de comércio da capital, a rua Grande, proibindo a atividade de vendedores ambulantes e garantindo o acesso das pessoas apenas a estabelecimentos que comercializam produtos essenciais. Essa medida não tem prazo determinado.

LUIS PEDRO, jornalista do BRASIL POPULAR

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *