Dos Betanistas

JUAREZ CONTANDO A HISTÓRIA:

Eu e o François já estávamos conhecidos nos cursinhos –  CIPAM, Gregório Mendel, Humberto de Campos, CEPREMA, Cabral, Cursão (1971), Equipe (surgiu em 1973), Skema (surgiu em 1975)quando encontramos o Pimpão e, para ele, conseguimos umas aulas.

Em pouco tempo o danado fez nome e começou a ganhar um bom dinheiro. Escondeu o apelido e todos só o conheciam como Professor Paulo Monteiro.

Um dia, o Curso Djacir Menezes deu uma festa para comemorar o aniversário do já afamado Prof. Monteiro.

Nesse dia resolvi entregar, pra todo mundo, o velho apelido dos tempos de seminário.

Então produzi uma paródia do famoso soneto do padre Antônio Thomaz, A Meretriz.

Pimpão ficou sem jeito no início, mas depois me agradeceu porque o cognome era muito mais comercial e de certo modo singular, original.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *