MAMÃE FAZ 100 ANOS (quase)

Neste 27 de Julho de 2020 MARIA DE LOURDES MIRANDA DE ALBUQUERQUE (D. Lourdes), de Fortaleza CE, chega aos 98 anos podendo dizer como @s [email protected] épicos: VIM E VENCI. Texto de Mário Albuquerque

Nascida em Chaval, extremo norte do Ceará, conheceu aquele que viria ser seu marido e pai de seus 4 filhos e 5 filhas, [email protected] [email protected], Mário Albuquerque, na cidade de Camocim, durante a segunda guerra mundial, funcionário da extinta Panair do Brasil e militante do PCB.

Professora e funcionária pública federal aposentada, enfrentou, com a bravura própria das mães, os tempos ásperos da ditadura civil-militar de 1964, que prendeu 03 de seus filhos e 01 filha e duas noras, a que se somaram exílio e banimento, além da demissão branca do marido e a ameaça constante de prisão de [email protected] [email protected] Teve o lar invadido inúmeras vezes, mas nunca se dobrou. Sua residência serviu de embaixada para acolher e esconder perseguidos políticos.

Participou desde a primeira hora da luta pela anistia política, integrando o MFPA-CE, participação que se estendeu à luta sindical e popular e pela reconquista do Estado Democrático de Direito em nosso país.

Hoje aposentada, aos 98 anos, mantém-se ativa e ligada aos acontecimentos, se atualizando com a leitura diária de jornais, a que soma o uso do telefone fixo e do celular, potencializado com o fone de ouvido, além da atividade laboral na confecção de bonecas e outros objetos artesanais, com que ela presenteia amigos e amigas. As fotos são testemunhos disso.

Nossa mãe é uma guerreira vitoriosa.

Pedro, Nádja, Mário, Niedja, Célio, Neidja, Nadedja, Wilson e Joana

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *